Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

insonia1
No comando: INSONIA

Das 00:00 às 05:59

amanhcer1
No comando: AMANHECER

Das 06:00 às 08:00

manha1
No comando: MANHÃ MUSICAL

Das 08:00 às 11:59

naftalina1
No comando: NAFTALINA

Das 12:00 às 13:59

20160825155610
No comando: TARDE MUSICAL

Das 14:00 às 17:59

bailaogaucho222
No comando: BAILÃO GAÚCHO

Das 18:00 às 18:59

bailao-bandinhas-san-francisco
No comando: BAILÃO – BANDAS

Das 19:00 às 19:59

vibrazone1
No comando: VIBRAZONE

Das 20:00 às 23:59

VANINI – Município desenvolve ações de combate ao mosquido Aedes Aegypti

Compartilhe:
combateaedes2222

A Administração Municipal de Vanini realiza um trabalho constante de prevenção ao mosquito Aedes aegypti. De acordo com a bióloga Aline Debastiani, responsável pelo controle dos vetores e do lixo no município, diversas ações são implementadas ao longo do ano, visando a conscientização da população vaninense, “pois essa é uma luta de todos”, afirma.

Com relação ao controle do mosquito da dengue, o município de Vanini já é considerado infestado, assim como a maioria dos municípios da região e do Estado (no final do ano passado, mais de 60% dos municípios gaúchos estavam infestados pelo mosquito). Em 2018, foram registradas três amostras positivas para Aedes aegypti, todas localizadas em residências no centro da cidade. Nesse sentido, foram desenvolvidas ações de prevenção, visando controlar a proliferação do mosquito.

Em dezembro, por exemplo, aconteceu o 4º Mutirão de Combate à Dengue com alunos da escola Estadual, que vistoriaram diversos locais em busca de possíveis focos. Porém, o trabalho de fiscalização continua e é executado através de vistorias diárias pela agente de combate à endemias. “É preciso eliminar todo possível foco de água parada”, alerta Aline, enfatizando que existem muitos problemas com lonas. “As pessoas as utilizam pra cobrir materiais ou lenha, mas, por mais que estas lonas sejam esticadas, é inevitável a formação de bolsas d’água durante as chuvas, propiciando um local adequado para o desenvolvimento do mosquito”, destaca Fernanda Cassol, agente de combates a endemias.

Outro problema recorrente é o aproveitamento da água da chuva para regar as hortas. Estes depósitos de água da chuva geralmente ficam descobertos, facilitando a proliferação dos mosquitos. “Em dezembro do ano passado, mais uma amostra positiva foi registrada no município de Vanini. Assim, a orientação é para que todo tipo de depósito seja eliminado”, informa Aline, ressaltando que a Secretaria Municipal de Obras também está inserida no combate ao mosquito através de um ponto de coleta de pneus usados, os quais devem ser entregues pelos proprietários, disponível junto à secretaria.

Fonte: Comunicação da Prefeitura Municipal de Vanini.

 

Deixe seu comentário:

radios.net